Sociedade | 04-04-2017 00:01

Extensão de Saúde de Minde com menos um médico

Está previsto que o profissional, ausente por razões de saúde, regresse ao trabalho em breve.

A Extensão de Saúde de Minde, no concelho de Alcanena, está com menos um médico há cerca de dois meses por motivos de saúde do profissional. A directora do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo, Sofia Theriaga, explicou a O MIRANTE que a situação é temporária e que aguarda que o médico regresse ao trabalho “a qualquer momento”.

“O médico teve um problema de saúde e esperamos que regresse ao serviço em breve. Felizmente em Alcanena existe a consulta de recurso todos os dias à tarde. Os utentes que não conseguirem atendimento na Extensão de Saúde de Minde têm essa possibilidade de recorrer ao Centro de Saúde de Alcanena”, esclareceu.

Durante a assinatura do protocolo de parceria entre o Hospital Distrital de Santarém e o Centro Hospitalar do Médio Tejo, que decorreu na manhã de sexta-feira, 31 de Março, a directora da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), Rosa Valente Matos, explicou a O MIRANTE que, com a vinda de novos médicos para a região de Santarém durante os meses de Junho e Julho, está previstaa criação de novas Unidades de Saúde Familiar ainda este ano.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo