Sociedade | 30-04-2017 14:10

Trabalhadores da EMEF pedem “investimento sério” na empresa

Reivindicações incluem ainda a necessidade de aumentos salariais.

Os trabalhadores da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF) querem que haja um “investimento sério” nesta empresa “estratégica” do sector empresarial do Estado, opondo-se à sua divisão, afirma um comunicado da União de Sindicatos de Santarém.

As reivindicações dos trabalhadores, que incluem ainda a necessidade de aumentos salariais, acabando com o congelamento que vigora desde 2008, e de contratação de mais trabalhadores “para fazer face às encomendas”, constam de uma moção aprovada em plenário.

No final do plenário, uma delegação de 50 trabalhadores deslocou-se à Câmara Municipal do Entroncamento para entregar a moção, iniciativa inserida na “Marcha pelo Regresso ao Futuro”, um conjunto de protestos a decorrer nas oficinas da EMEF por todo o país, adianta a nota.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo