Sociedade | 17-05-2017 15:00

Autarcas contra barracão abandonado no polje de Minde

Barracão está devoluto há já alguns anos e a “apodrecer”.

Um barracão existente na zona do polje de Minde, em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC), junto à zona industrial da vila, está devoluto há já alguns anos e a “apodrecer”.

Uma situação que levou o vereador da Câmara de Alcanena, Alexandre Pires (PSD-CDS), a perguntar em reunião do executivo à presidente da Câmara de Alcanena, Fernanda Asseceira (PS), quando vão retirar aquilo que a chama de “galinheiro”.

“Começaram a construir isto há meia dúzia de anos e o que me chateia é a inactividade do PNSAC que proíbe tudo aqui na mata. Depois vêm estes abusos ambientais e nada faz”, conta Alexandre Pires, acrescentando que no ano passado juntou-se com seis amigos e tiraram daquela zona doze toneladas de pneus que lá estavam há trinta anos.

Fernanda Asseiceira refere que tem pena de aquele barracão ainda não não ter sido removido, acreditando que não foi por “falta de insistência com a fiscalização”. “Se pudesse, a câmara municipal iria lá e destruiria na mesma hora, desde que os processos administrativos tivessem assegurados”, afirmou. A presidente do município constata ainda que com, a diminuição de recursos do ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas), é difícil essa entidade conseguir fazer uma acção de fiscalização mais assertiva, conluíndo que “este assunto tem que ser agarrado e ser concluído”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1325
    15-11-2017
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1325
    15-11-2017
    Capa Vale Tejo