Sociedade | 18-05-2017 00:09

Falsa bruxa condenada por arruinar vida de mulher que queria ex-marido de volta

Burlona condenada a prisão efectiva conseguiu extorquir 30 mil euros.

A falsa bruxa de Marinhais (Salvaterra de Magos) que arruinou as economias de uma mulher da Chamusca, que queria reconquistar o ex-marido, foi condenada a cinco anos e oito meses de prisão efectiva. O marido da arguida, cúmplice no esquema, foi condenado a dois anos de prisão com pena suspensa por igual período.

O tribunal do juízo criminal de Santarém deu como provado o crime de burla qualificada, de que estava acusada Sandra Lento, apesar de esta e o marido terem relatado uma versão diferente aos juízes.

As declarações destes não conseguiram convencer o tribunal, “pois a versão dos factos por si narrada é contraditória e incoerente, não fazendo os mesmos qualquer prova nos autos”, pode ler-se no acórdão.

O marido chegou a assumir a prática dos factos, para proteger Sandra, o que o tribunal considerou “completamente inverosímil”. A arguida tinha colocado um anúncio no OLX no qual dizia auxiliar pessoas em dificuldades, dizendo em tribunal desconhecer como foi colocado o anúncio mas o tribunal deu como provado que foi esta a fazê-lo.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    O Hóquei Clube de Santarém
    Foto do Dia
    O Hóquei Clube de Santarém começou a época com o pé direito, estreando-se em competição no XXX Torneio de Hóquei Juvenil "António Mestre", em Alverca, onde a sua equipa da categoria de escolares (na foto) conquistou o primeiro lugar e a equipa de benjamins ficou em segundo no seu escalão.
    Foto do Dia | 19-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1315
    06-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1315
    06-09-2017
    Capa Médio Tejo