Sociedade | 21-05-2017 14:22

Demolições na zona ribeirinha da Póvoa decorrem com normalidade

Demolições na zona ribeirinha da Póvoa decorrem com normalidade

Fragateiros vão ter à disposição um passadiço temporário para as embarcações.

Estão a decorrer a bom ritmo, com “serenidade” e “normalidade”, as obras de demolição dos cais palafíticos e das arrecadações da comunidade fragateira da Póvoa de Santa Iria, concelho de Vila Franca de Xira.

A garantia foi deixada pelo município de Vila Franca de Xira depois de durante várias semanas a comunidade ter manifestado apreensão pela falta de um local alternativo e temporário onde guardar as artes da pesca.

As demolições das estruturas abarracadas ilegais ali existentes tem como objectivo dar continuidade à expansão da zona ribeirinha da cidade até ao limite do vizinho concelho de Loures, onde nascerá o parque urbano Moinhos da Póvoa, aprovado por unanimidade no início do ano em reunião de câmara.

“Estamos a limpar um terreno que está ilegalmente ocupado e que queremos que seja colocado ao dispor de toda a população. Estamos a cumprir a legalidade e a proceder à demolição das barracas com serenidade, articulando com as pessoas que ali estão”, explica o vice-presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Fernando Paulo Ferreira.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    Banda de Marinhais estreia-se em Coruche
    Foto do Dia
    Foi ao som da banda TU Covers que foi inaugurada mais uma edição das Jornadas da Gastronomia e Feira do Livro em Coruche, no Centro de Exposições da vila. Criada em 2014, a banda de Marinhais, concelho de Salvaterra de Magos, é composta por Ricardo Neiva (vocalista), André Oliveira (guitarrista), Samuel Palhas (baterista), Catarina Neiva (baixista) e Mariana Seixas (teclista) e toca versões de músicas conhecidas.
    Foto do Dia | 18-10-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1320
    11-10-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1320
    11-10-2017
    Capa Médio Tejo