Sociedade | 26-05-2017 16:50

Câmara de Rio Maior interessada nas instalações abandonadas do IVV

Câmara de Rio Maior interessada nas instalações abandonadas do IVV

Património do Instituto do Vinho e da Vinha encontra-se ao abandono há largos anos.

A Câmara de Rio Maior está interessada em reabilitar e aproveitar as antigas instalações do IVV (Instituto do Vinho e da Vinha) na cidade, desde que o Governo as ceda em regime de comodato ou de outra forma que não onere os cofres do município. Desactivado há alguns anos, aquele património do Estado vai-se degradando, à semelhança do que tem acontecido com outras instalações do IVV da região, nomeadamente em Alpiarça e Almeirim.

Na última reunião do executivo camarário, o vereador Daniel Pinto (PS) aludiu ao abandono daqueles imóveis, situadas junto à EN 114, na entrada sul da cidade, e perguntou se existe alguma ideia de futuro para aquelas instalações. “É um assunto que nos deve preocupar”, referiu o autarca socialista.

Na resposta, a presidente da câmara, Isaura Morais (PSD), explicou que primeiro houve contactos junto do IVV, quando aquele património ainda estava na posse do Ministério da Agricultura, para avaliar a possível aquisição das instalações por parte do município.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1329
    13-12-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1329
    13-12-2017
    Capa Médio Tejo