uma parceria com o Jornal Expresso
26/06/2017
30 anos do jornal o Mirante
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
Sociedade | 30-05-2017 12:35
Cenas chocantes na TV em directo da mesa de um restaurante de Santarém
Ao longo do programa TVI conseguiu transformar um restaurante, situado num dos lugares míticos de Santarém, num verdadeiro caixote do lixo, gerido por pessoas que pareciam actores de um filme de terror.

O programa da TVI "Pesadelo na Cozinha" veio a Santarém ao restaurante TEJÀ realizar mais um dos seus polémicos programas. Durante mais de duas horas assistimos a um verdadeiro Big Brother que deixou chocados milhares de pessoas que assistiram a um verdadeiro escândalo na cozinha do restaurante das Portas-do-Sol.

Embora o "Pesadelo na Cozinha" seja um programa de entretenimento, uma espécie de Big Brother, a colaboração dos proprietários do restaurante fez acreditar, mesmo os mais incrédulos, que tudo aquilo que vimos e ouvimos no ecrã era verdade.

E no caso do programa gravado no restaurante das Portas-do-Sol o mínimo que se pode dizer é que alguém perdeu o juízo para que a televisão pudesse humilhar tanta gente, desde os administradores do espaço até aos empregados que pareciam baratas tontas a acenarem com a cabeça a tudo o que animador do programa precisava para chocar os espectadores.

A linguagem usada durante o programa, a forma como os proprietários foram apanhados numa conversa à mesa a dizerem mal de si próprios, e dos seus empregados, os alimentos estragados, as confissões dos funcionários que atestaram a má gestão do espaço, a liberdade que o animador do programa teve para humilhar empregados e administradores, deve ter feito subir as audiências do programa que no início andou nos cerca de 1.4 milhões de espectadores.

Apesar do êxito do programa O MIRANTE sabe que o chefe Ljubomir Stanisic já avisou a direcção da TVI que não quer repetir a experiência e que vai dedicar-se ao seu trabalho voltando à cozinha mas de um restaurante que quer abrir em lisboa.

O MIRANTE fez uma pesquisa sobre outros programas gravados ao longo dos últimos meses e a polémica instalou-se em muitos deles. Em muitos casos houve demissão de funcionários, a ASAE chegou a fechar alguns no dia a seguir ao programa, e em certos casos alguns chefes de cozinha chegaram a pôr em causa a idoneidade dos seus patrões ao aceitarem tamanho desafio só em troca de apareceram na televisão.

Em Santarém e na região o programa teve um impacto fora do comum, o que não é caso para admirar: ao longo do programa a TVI conseguiu transformar um restaurante, situado num dos lugares míticos da cidade, num verdadeiro caixote do lixo, gerido por pessoas que pareciam actores de um filme de terror.

Comentários
Mais Notícias
    A carregar...
    Edição Semanal
    Edição nº 1304
    22-06-2017
    Capa Vale do Tejo
    Edição nº 1304
    21-06-2017
    Capa Médio Tejo