Sociedade | 09-06-2017 00:01

Cobertura envidraçada vai permitir ver vestígios das termas romanas de Tomar

Vestígios com elevado interesse arqueológico.

A Câmara Municipal de Tomar vai instalar uma cobertura envidraçada, com iluminação interior, visando a preservação, dignificação e apresentação pública permanente dos vestígios arqueológicos das termas romanas, descobertos em 2004 aquando das obras do Pavilhão Municipal.

Em comunicado, o município afirma que decidiu musealizar os vestígios “face ao elevado interesse arqueológico do local”, tendo construído um muro de suporte em betão envolvendo as estruturas, para permitir cobrir esta área deixando visualizar as ruínas.

A degradação da cobertura com manta geotêxtil e areia levou a Direcção-Geral do Património Cultural a pedir à Câmara de Tomar a colocação de uma maior camada de areia, tendo o município decidido, em vez disso, instalar a cobertura, numa solução estudada com o arqueólogo Carlos Batata, que foi responsável pela escavação, que incluirá, posteriormente, a consolidação e musealização das estruturas existentes.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo