Sociedade | 28-06-2017 18:00

Câmara de Abrantes cria piquete para apoiar combate a incêndios

Medida foi anunciada pela presidente da autarquia Maria do Céu Albuquerque.

A Câmara Municipal de Abrantes decidiu criar um piquete permanente, constituído por operadores de máquinas e mecânicos, para apoiar no terreno o dispositivo concelhio de combate a incêndios. A medida, anunciada pela presidente da autarquia, Maria do Céu Albuquerque (PS), durante uma reunião do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais no concelho de Abrantes, visa garantir maior eficácia no terreno em caso de incêndio, juntando-se ao dispositivo preparado para esta época no ano.

Nesse encontro, que nesta fase do ano ocorre quinzenalmente e reúne várias entidades, foi sublinhada a importância da limpeza dos terrenos, enfatizando-se que a lei obriga à limpeza de uma faixa não inferior a 50 metros em redor das habitações.

Na ocasião, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Abrantes, António de Jesus, divulgou dados estatísticos relativos ao número de incêndios ocorridos no concelho entre 1 de Janeiro e 14 de Junho, tendo este sido o mês com mais ocorrências registadas (14), seguindo-se Abril com oito. A área ardida nesse período foi de 84,77 hectares, 80% da qual em Junho.

Os Bombeiros Voluntários de Abrantes têm disponíveis 24 horas por dia, nesta fase Charlie, quatro equipas de combate a incêndios, cada uma com sete elementos, a que acresce mais uma viatura que se vem juntar aos veículos já existentes. Estas equipas actuam por determinação do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo