Sociedade | 13-07-2017 09:42

TUA de Almeirim entregue na GNR pelo motorista para ser apreendido

TUA de Almeirim entregue na GNR pelo motorista para ser apreendido
ALMEIRIM

Autocarro teve de ir a inspecção e 15 pessoas que estavam na viatura foram transportadas em táxis

O condutor do autocarro dos transportes urbanos da cidade (TUA) entregou a viatura no posto da GNR, pedindo que a mesma fosse apreendida, alegando que não estava em condições de segurança. A situação aconteceu com 15 passageiros a bordo. Os guardas acabaram mesmo por apreender a viatura para realização de inspecção técnica, devido a algumas anomalias detectadas numa verificação a olho nu, como o mau funcionamento do cinto de segurança do condutor e uma escova limpa pára-brisas partida. .

A situação causou um grande alvoroço, que levou à intervenção do vereador do trânsito e transportes, Joaquim Sampaio. Os passageiros que se viram envolvidos na confusão acabaram por ser transportados em táxis requisitados pela empresa, numa acção concertada com o vereador.

A empresa de transportes, que presta o serviço à câmara, resolveu a situação no espaço de duas horas com a colocação de outro autocarro e outro motorista na cidade e refuta a ideia de que o autocarro não tenha as condições essenciais. A UTS considera que a situação caricata se deveu a uma retaliação do condutor que tinha recebido pouco tempo antes duas notas de culpa de processos disciplinares que estão a decorrer.

A empresa garante que a viatura foi substituída rapidamente, que o autocarro em causa já foi à inspecção e sujeito a uma peritagem independente, não tendo sido detectados problemas que pusessem em causa a segurança, acrescentando que as anomalias não tinham sido reportadas pelos motoristas.

* MAIS PORMENORES NA EDIÇÃO SEMANAL EM PAPEL

Mais Notícias

    A carregar...
    Dançarinas ribatejanas entre as melhores da Europa
    Foto do Dia
    As atletas do Coreo Dance Project, de Benavente, e da ODAC - Oficina de Artes de Coruche alcançaram o quarto lugar na grande final europeia de dança, realizada no Palácio de Congressos de Paris. As atletas têm entre os 7 e os 24 anos e para a responsável do grupo, Marta Salsinha, foi “uma experiência incrível” poder competir com os maiores e melhores bailarinos e coreógrafos da Europa. Uma prestação que deixa orgulhosos os atletas mas também as localidades de Benavente e Coruche. Na comitiva, além dos 25 bailarinos, seguiram também pais e amigos dos atletas. Entretanto, Marta Salsinha está entre os oito nomeados para a categoria de melhor coreógrafo de estilo livre e contemporâneo de 2017, nos Prémios Internacionais Duende que distinguem o que de melhor se faz na dança em Portugal, Espanha, Gibraltar e França.
    Foto do Dia | 24-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1317
    21-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1317
    20-09-2017
    Capa Médio Tejo