Sociedade | 05-08-2017 15:49

Jovem agredido por alegado diplomata na passagem da Volta em Santarém

Jovem agredido por alegado diplomata na passagem da Volta em Santarém

Caso passou-se na descida da Calçada do Monte e foi presenciada pela PSP

Um jovem de 24 anos queixa-se de ter sido agredido por um alegado diplomata durante a passagem da Volta a Portugal em bicicleta por Santarém. Segundo o depoimento da esposa do agredido, Ana Rocha, de 21 anos, tudo aconteceu instantes antes da passagem dos ciclistas pela descida da Calçada do Monte quando um polícia se dirigiu a um homem que se encontrava estacionado na faixa de rodagem em frente do restaurante do chinês ali existente e o informou que teria de sair dali por causa da passagem dos ciclistas.

O automobilista, aparentando cerca de 60 anos, ignorou a ordem do polícia recusando-se a retirar o carro e afirmando que era diplomata e por isso não tinham o direito de o desrespeitar daquela forma.

O jovem Luís Carlos Vicente, ao aperceber-se do sucedido, tentou ajudar o polícia dizendo ao alegado diplomata para ter respeito pela autoridade, mas este não reagiu bem e dirigiu-se ao jovem esbofeteando-o. Como decorria a passagem dos ciclistas, o polícia pediu que ambos aguardassem no local para posteriores procedimentos, mas o agressor abandonou o local entretanto.

O pai de Luís Vicente ainda teve tempo de anotar a matrícula do carro para apresentar queixa contra o agressor.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo