Sociedade | 11-08-2017 07:07

Distribuição de correspondência está regularizada em Valhascos

Distribuição de correspondência está regularizada em Valhascos
CORREIOS

Os carteiros destacados para a freguesia já fazem a distribuição de correspondência todos os dias.

Os problemas gerados pela má distribuição de correspondência em Valhascos, no concelho do Sardoal, estão solucionados, pelo menos por agora. Os carteiros destacados para a freguesia já fazem a distribuição de correspondência todos os dias, pondo fim aos vários constrangimentos verificados nos últimos meses.


Valeram a pena os protestos da população a que o MIRANTE deu voz na edição de 16 de Julho.


O atraso na distribuição da correspondência provocou vários constrangimentos aos moradores de Valhascos, como contas que não foram pagas a tempo e horas, consultas a que alguns populares faltaram por já ter passado o dia marcado, pensões de reforma que não chegavam, a não ser que os utentes se dirigissem à central de distribuição de Alferrarede para levantar as cartas, encomendas que tardavam e outras situações.


Paulo Januário, morador em Valhascos, denunciou a situação a várias entidades, incluindo O MIRANTE, e reclamou na estação de distribuição dos CTT de Alferrarede. Autarcas de Valhascos e Sardoal juntaram a sua voz à da população para denunciar esta situação de atraso de correspondência e desinteresse dos CTT em solucionar a situação.


No dia 1 de Agosto, Paulo Januário voltou a contactar O MIRANTE para dar conta de que os CTT já regularizaram a situação da entrega de correspondência em Valhascos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1328
    06-12-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1328
    06-12-2017
    Capa Médio Tejo