Sociedade | 12-08-2017 22:29

Fogo com duas frentes activas preocupa em Tomar

Fogo com duas frentes activas preocupa em Tomar

12 pessoas foram retiradas das suas habitações na aldeia de Serra, por precaução, e transferidas de barco pela barragem de Castelo do Bode para o lar de Alverangel.

Um incêndio que está a lavrar desde as 15h58 de hoje na localidade de Carvalhal, na União de Freguesias da Serra e Junceira, Tomar, obrigou à retirada de 17 pessoas e mantinha duas frentes activas cerca das 22h00.

A presidente da Câmara de Tomar disse, a partir do posto de comando instalado no campo de jogos em Serra, que "uma dúzia de pessoas foi retirada das suas habitações na aldeia de Serra, por precaução, e transferidas de barco pela barragem de Castelo do Bode para o lar de Alverangel.

Um outro "grupo de cinco indivíduos foi transferido para o lar da Serra", acrescentou, a par do registo de "uma casa devoluta que ardeu", na União de Freguesias da Serra e Junceira.

Segundo disse Anabela Freitas, cerca das 21h45, "não foi ainda necessária a evacuação de aldeias", além das 17 pessoas mencionadas, tendo referido que "a prioridade passa por defender, para além das vidas humanas, as casas que se encontram na linha de fogo", tendo referido que "as povoações que oferecem algum cuidado são as de Venda, Carvalhal, Vale de Vime e Levegadas.

"Haverá mais pessoas que estarão a ser transferidas, nomeadamente idosos e acamados, para instituições de solidariedade social da sua área de residência, mas que não sei precisar neste momento", observou a autarca, tendo feito notar que a zona, banhada pela albufeira de Castelo do Bode, "tem muitas casas de segunda habitação, pessoas que vêm passar férias, e muito dispersas e isoladas".

O início do incêndio, às 15h58, "foi muito violento e de propagação muito rápida, e os meios ao ataque inicial não foram os suficientes, até pela dispersão de meios aéreos e humanos em outras ocorrências na região", apontou.

Às 22h00, segundo a página da Autoridade Nacional de Protecção Civil, combatem o incêndio que lavra em "povoamento florestal", e com "duas frentes" activas, 217 operacionais, apoiados por 63 viaturas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1321
    18-10-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1321
    18-10-2017
    Capa Médio Tejo