Sociedade | 25-08-2017 18:09

“Não há tomate de melhor qualidade que o português”

1 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
2 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
3 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
4 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
5 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
6 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
7 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
8 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
9 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
10 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
11 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
12 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
13 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
14 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
15 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira
16 / 16
Inovação na produção do tomate foi apresentada em Vila Franca de Xira

Herdade do Caldas, em Vila Franca de Xira, foi o palco de experimentação de uma nova técnica na produção do tomate.

Um sistema inovador que alia sondas e amostras de solo, drones e satélites para prever a melhor época da colheita do tomate, a quantidade que se vai conseguir de cada vez e as variações de componentes de água e azoto que é necessário aplicar para se conseguir o melhor do produto foi apresentada esta sexta-feira, 25 de Agosto, no palco onde foi testada e aplicada: os campos de produção tomateira da Herdade do Caldas, em Vila Franca de Xira.

A inovação chama-se NEC CROPSCOPE e surge de uma parceria entre a NEC, empresa da área das tecnologias da informação e comunicação, e a Kagome, gigante japonesa da produção do tomate e outros hortícolas. O novo sistema que virá revolucionar a cultura do tomate tem sido desenvolvido ao longo dos últimos três anos e foi agora apresentado a uma plateia de que fizeram parte o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, o presidente e o vereador da câmara municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita e António Oliveira, vários membros da NEC e da Kagome e produtores portugueses.


*Reportagem completa na próxima edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo