Sociedade | 31-08-2017 15:10

Câmara do Cartaxo notifica mais de 300 proprietários e limpa terrenos privados

Câmara do Cartaxo notifica mais de 300 proprietários e limpa terrenos privados

Antes deste executivo tomar posse, em 2013, a câmara notificava menos de seis pessoas por ano.

A Câmara do Cartaxo notificou este ano mais de três centenas de proprietários para limparem os seus terrenos, tendo o município procedido à limpeza daqueles que implicavam maior risco de incêndio no concelho. “Antes deste executivo tomar posse, em 2013, esta câmara notificava menos de seis pessoas por ano. Nós temos vindo a aumentar o número de notificações todos os anos e em 2017 já ultrapassamos os trezentos proprietários, referiu o presidente do município, Pedro Magalhães Ribeiro (PS), na última reunião do executivo.

O autarca explicou que o ano passado mais de 95 por cento dos proprietários notificados limparam os seus terrenos. “Este ano ainda há mais de 78 proprietários cujo prazo estipulado para a limpeza dos terrenos ainda não terminou uma vez que damos 30 dias após a notificação para procederem à limpeza do terreno”, disse. O município tem feito um levantamento, juntamente com as juntas de freguesias, para identificar os terrenos devolutos e os seus proprietários. Pedro Ribeiro refere que os terrenos que a Protecção Civil classificou como de maior risco, e que estavam por limpar, uns que pertencem à câmara municipal, outros a privados, já foram limpos.

“Contratámos uma empresa privada para fazer a limpeza e depois, de acordo com a lei, a factura irá chegar aos proprietários desses terrenos que devem ressarcir a câmara pelo trabalho feito e que não era da sua competência. No entanto, era prioritário limpar os terrenos em causa, para evitar incêndios. Sabemos que não é fácil reavermos o dinheiro desse serviço mas fizemos a nossa parte e vamos notificar os proprietários para pagarem”, disse o autarca. A prioridade foram as faixas de terrenos junto a bombas de combustível, junto de postos de transformação eléctricos, junto a áreas habitacionais, nomeadamente na Quinta das Correias e também em vários locais das freguesias, num mapa elaborado pelos bombeiros e serviços da Protecção Civil Municipal.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo