Sociedade | 03-09-2017 11:53

O regresso de São Sobral à arte

O regresso de São Sobral à arte

Ao fim de cinco anos sem fazer exposições na Castanheira do Ribatejo, a artista inaugurou este sábado a primeira, com pinturas feitas unicamente com café.

São Sobral, 69 anos, artista plástica da Castanheira do Ribatejo, inaugurou este sábado, 2 de Setembro, a primeira exposição em cinco anos na sua terra. A exposição “Regresso”, que pode ser vista até dia 29 de Setembro na sede de campanha do PS, na Rua João Baptista Correia, conta com quadros pintados unicamente com café e outros quadros e objectos feitos por São que ainda não tinham sido mostrados, alguns deles estando guardados há mais de 20 anos e que agora podem ser apreciados por admiradores e curiosos.

“Estou feliz. Estou a regressar à arte”, confessa São Sobral, que desde 2008 esteve afastada do seu ateliê, onde dava aulas, e da organização de exposições por ter querido dedicar-se em pleno ao marido, Vasco Lopes Sobral, com quem esteve casada 46 anos e que faleceu há dois, aos 92 anos, depois de ter tido um cancro de pele, um enfarte há cinco anos e vários problemas de saúde consequentes.

Agora São Sobral regressa ao trabalho. Além da exposição que inaugurou este sábado, voltou a dar aulas de pintura, trabalho com vidro, porcelana e cerâmicas.

*Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo