Sociedade | 18-09-2017 09:26

Vila Franca de Xira exige mais respeito pela festa brava

Bancada do PS na assembleia municipal condenou a decisão da RTP em reduzir para três o número de touradas televisionadas por ano.

Os eleitos da bancada do PS na Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira condenaram na última sessão pública daquele órgão a decisão da direcção de programas da Rádio e Televisão de Portugal (RTP) em reduzir para três o número de touradas televisionadas por ano e apelaram a um “cerrar de fileiras” dos aficionados na defesa da festa brava.

“É ridículo que um director de programas da RTP (Daniel Deusdado) queira impor a sua visão pessoal para não transmitir mais touradas como se os valores individuais se pudessem sobrepor às obrigações do serviço público de televisão ou à obrigação de todos nós pagarmos a contribuição audiovisual com a conta da luz. Num tempo de audiências televisivas miseráveis, duas touradas transmitidas pela RTP e uma pela TVI tiveram mais de 2 milhões de espectadores com shares acima da média desses canais. Por muito que custe a alguns, a tauromaquia conta como conteúdo televisivo”, criticou o socialista António Galamba.

O eleito notou que o serviço público “tem a obrigação” de contribuir para a democratização do acesso à tauromaquia enquanto expressão cultural e identitária do país e sobretudo da região, recusando render-se ao que diz ser “o politicamente correcto” imposto pelo canal.

“Não nos rendemos ao politicamente correcto, a modernices de quem nada tem para corresponder às necessidades das pessoas e dos territórios mas tem tudo para dar expressão ao acessório. Exortamos quem está sintonizado na festa brava a cerrar fileiras na defesa da cultura e do espectáculo em Vila Franca de Xira, no país e no serviço público de televisão. Era só o que faltava que uma minoria que até pode fazer mais barulho sob a capa do politicamente correcto se impusesse a uma maioria demasiado silenciosa e às marcas desta nossa identidade”, vincou.

O presidente do município, Alberto Mesquita (PS), disse estar de acordo com as palavras de Galamba, notando que a comunidade de aficionados merece “mais respeito” do que aquele que está a ter.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo