Sociedade | 06-10-2017 13:19

Misericórdia da Chamusca passa a ser gerida por comissão administrativa

Misericórdia da Chamusca passa a ser gerida por comissão administrativa
João Amaral Netto é o responsável pela comissão administrativa

Provedor com 85 anos renunciou ao cargo que ocupava há 26 anos.

A Santa Casa da Misericórdia da Chamusca está a ser gerida desde quarta-feira por uma comissão administrativa, depois de o provedor, que estava em funções há 26 anos, ter renunciado ao cargo. O provedor, Fernando Barreto, com 85 anos, já tinha manifestado a intenção de sair há algum tempo, tendo agora concretizado a situação.

A opção de instituir uma comissão administrativa, por um período máximo de seis meses, foi decidida em consonância com a Segurança Social, Diocese de Santarém e União das Misericórdias. Após uma reunião com o bispo de Santarém, Dom Manuel Pelino, foi empossado como responsável da comissão João Amaral Netto, que já era presidente da mesa (assembleia geral) da Misericórdia.

Segundo Amaral Netto, em declarações a O MIRANTE, esta solução é a melhor para evitar transtornos de funcionamento na instituição. A comissão administrativa tem como um dos objectivos principais, além da gestão, a preparação das eleições.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1321
    18-10-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1321
    18-10-2017
    Capa Médio Tejo