Sociedade | 16-10-2017 12:00

Fundação CEBI precisa de voluntários para ajudar quem mais precisa

Pólo de recepção de alimentos vai abranger 855 pessoas carenciadas.

A Fundação CEBI, de Alverca do Ribatejo, através do seu departamento de Intervenção Social e Comunitária, está a constituir uma equipa de voluntários para a recepção, armazenamento e distribuição de bens alimentares junto da comunidade que apoia. Os interessados podem inscrever-se no site da instituição na internet, em https://fcebi.org.

“A Fundação CEBI sempre contou com a atitude altruísta de quem quer contribuir generosamente para o bem-estar dos outros. Tal como as pessoas, as Organizações também têm os seus tempos próprios. Agora é tempo do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas”, explica a fundação em comunicado.

Este programa consiste na criação e gestão de um pólo de recepção de géneros alimentares para os concelhos de Vila Franca de Xira e Arruda dos Vinhos, que irá abranger 855 pessoas. A fundação será a entidade mediadora em parceria com outras instituições de apoio social dos dois concelhos.

“Este programa tem como objectivo minimizar as carências básicas alimentares das populações mais fragilizadas, através da distribuição de géneros alimentares e contribuir para a autonomia dos públicos participantes através do desenvolvimento de acções específicas, tais como sessões informativas, de sensibilização e de carácter formativo”, acrescenta a Fundação CEBI.

O processo em curso visa reforçar e organizar um grupo de voluntariado com o objectivo de colaborar em fases específicas do processo, como por exemplo na recepção dos bens alimentares, organização dos cabazes, distribuição dos diversos géneros, entre outras funções.

“Deu-se também início a um conjunto de procedimentos no sentido de conhecer outras experiências de voluntariado bem-sucedidas, particularmente no que respeita aos seus princípios e valores, à sua regulamentação, à sua integração nas organizações ou no que diz respeito às dificuldades na angariação. O voluntariado na CEBI é indissociável da sua identidade fundamental”, acrescenta a instituição de Alverca.

A lei n.º 71/98, de 3 de Novembro, define o voluntariado como “o conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos, programas e outras formas de intervenção ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade, desenvolvidos sem fins lucrativos por entidades públicas ou privadas”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo