Sociedade | 21-10-2017 11:55

Família de Veríssimo Serrão oferece mais bens do historiador ao CIJVS

Família de Veríssimo Serrão oferece mais bens do historiador ao CIJVS

Centro de investigação com sede em Santarém possui grande parte do acervo literário do académico que lhe deu o nome.

O espólio do Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão (CIJVS) foi enriquecido com a doação de tomos dos séculos XVIII, XIX e XX, separatas, medalhas e vária correspondência da biblioteca que Veríssimo Serrão tem em Lisboa. A oferta foi proporcionada pelo historiador Vítor Serrão, filho do académico e historiador escalabitano.

Através de um documento de doação, datado de 25 de Setembro de 2009, a Câmara Municipal de Santarém já tinha recebido da biblioteca de Joaquim Veríssimo Serrão, em Santarém, cerca de 26 mil livros, milhares de manuscritos, diplomas, condecorações, medalhas, moedas, quadros e telas que estiveram na génese do Centro de Investigação com o seu nome. Hoje, esse acervo constitui o “Fundo Joaquim Veríssimo Serrão” que se distribui por cinco salas do Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão, localizado na Casa de Portugal e de Camões (antigo presídio militar).

O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, esteve presente na recepção aos novos bens, bem como a sua chefe de gabinete, Catarina Maia, e o director do CIJVS, Martinho Vicente Rodrigues.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo