Sociedade | 26-10-2017 14:42

Quatro jardins-de-infância da Chamusca sem horário alargado

Quatro jardins-de-infância da Chamusca sem horário alargado

Decisão foi tomada por só haver duas ou três crianças a frequentar esse período de alargamento.

Os jardins-de-infância do Ulme, Semideiro, Vale de Cavalos e Pinheiro Grande, no concelho da Chamusca, vão deixar de ter alargamento de horário a partir do início do 2.º período, em Janeiro de 2018. Segundo a vice-presidente da Câmara da Chamusca, Cláudia Moreira (PS), a decisão, que se encontra prevista no protocolo com a instituição Tempos Brilhantes, que garante esse serviço. A decisão foi tomada por só haver duas ou três crianças a frequentar esse período de alargamento de horário que se estende até às 17h30 ou 18h00 consoante os jardins.

Cláudia Moreira explica que, como os pais já estão habituados a que exista esse alargamento desde o ano passado, o município não vai, para já, mandar cessar. “Vamos enviar esta semana um aviso aos encarregados de educação para lhes dar tempo para, até Janeiro, arranjarem uma resposta alternativa a esta situação e vamos cessar o alargamento de horário durante os 2.º e 3.º períodos ou até que haja inscrições suficientes para voltarmos a reabrir este serviço”, adianta a autarca.

O alargamento de horário vai desde o termo da componente lectiva até ao encerramento dos jardins-de-infância, das 15h00 ou 15h30 até às 17h30 ou 18h00, dependendo do estabelecimento pré-escolar. Neste período de tempo são desenvolvidas actividades de caráter não obrigatório, cuja supervisão das mesmas é da responsabilidade do monitor da Tempos Brilhantes.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo