Sociedade | 06-11-2017 12:19

Troço da circular urbana de Almeirim com pavimento às ondinhas

Troço da circular urbana de Almeirim com pavimento às ondinhas

Presidente já convocou empreiteiro para uma reunião onde vão ser discutidas soluções

O mais recente troço da circular urbana de Almeirim, inaugurada no dia a seguir às eleições autárquicas, a 2 de Outubro, tem um defeito no pavimento em toda a sua extensão, que faz com que os carros circulem aos saltinhos. A sensação que dá é de andar num piso de pequenas ondas, que causa algum incómodo. Há quem até já tenha parado para ver os pneus, pensando que tinha uma roda do carro furada.

O presidente da câmara, Pedro Ribeiro, foi dos primeiros a verificar a situação e contactou o empreiteiro que fez o asfaltamento. Segundo o autarca a resposta que teve foi de que a irregularidade do pavimento ficaria resolvida com a passagem dos carros mas a situação mantém-se. Em declarações a O MIRANTE, Pedro Ribeiro garante que já está marcada uma reunião com os responsáveis da empresa construtora no sentido de se encontrarem soluções.

Este troço, entre a zona do kartódromo e a Estrada do Moinho de Vento, foi feita em grande parte por administração directa, com funcionários e maquinaria do município, mas algumas partes, como o pavimento, a regularização de taludes e ciclovia, foram executadas por empresas.

Recorde-se que a Câmara de Almeirim já decidiu comprar mais quatro parcelas de terrenos para fazer a continuação da circular urbana, que começou a ser feita por troços há dez anos. Os terrenos no troço entre a Estrada do Moinho de Vento e a Avenida da Liberdade, no bairro do Pupo, vão custar cerca de 90 mil euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo