Sociedade | 23-11-2017 10:28

“Pensava que era o amor da minha vida até ao dia em que me apertou o pescoço”

“Pensava que era o amor da minha vida até ao dia em que me apertou o pescoço”
Laura Macedo é vocalista da banda Xerife e voltou a encontrar o amor

Laura Macedo, uma jovem de Coruche vocalista da banda Xerife, foi alvo de violência no namoro e decidiu contar a experiência.

A expressão popular “o amor é cego” aplica-se perfeitamente a Laura Macedo. A vocalista da banda Xerife, de Salvaterra de Magos, só descobriu o verdadeiro carácter do namorado por quem estava perdidamente apaixonada quando ele a maltratou fisicamente. “Pensava que era a pessoa certa, que ele era o amor da minha vida, até ao dia em que cheguei a casa e ele me apertou o pescoço. Aí, o meu mundo desabou. Foi como um murro no estômago”.


Foi com estas palavras que Laura abriu o coração a O MIRANTE dias antes de se assinalar o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, a 25 de Novembro.“Decidi contar as minhas histórias para que as pessoas percebam que eu não sou uma vítima. Simplesmente foi um episódio negro na minha vida que me deitou abaixo mas não me derrubou”, admite a jovem de Coruche, de 33 anos.


Laura conta que não foi fácil superar o primeiro episódio de violência no namoro. “Ficamos com marcas para toda a vida mas tentei erguer-me”. O problema de quem sofre violência, diz, é que continua a acreditar no amor.

Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE AQUI

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo