Sociedade | 07-12-2017 11:21

Foz do Alviela minada de jacintos de água

Foz do Alviela minada de jacintos de água

Câmara de Santarém organizou uma visita de barco no Tejo entre a Ribeira de Santarém e a foz do Alviela.

O leito do rio Alviela junto à foz está infestado de jacintos de água que impedem a navegação de embarcações a motor, como aconteceu no dia 6 de Dezembro quando a Câmara de Santarém organizou uma visita de barco no Tejo entre a Ribeira de Santarém e a foz do Alviela.

A comitiva, que integrava o presidente do município Ricardo Gonçalves, vereadores e outras pessoas teve que parar no acesso à foz do Alviela devido à proliferação de jacintos de água. Segundo a autarquia, esse é um dado revelador de falta de corrente e de má qualidade da água. Essas plantas infestantes multiplicam-se em águas paradas alimentando-se de sais minerais resultantes da decomposição de matérias orgânicas

A iniciativa teve como objectivo alertar para a poluição do rio Tejo.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1329
    13-12-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1329
    13-12-2017
    Capa Médio Tejo