Sociedade | 21-01-2018 10:05

Bairro de Vale de Rãs vai ter parque de desporto e lazer

Bairro de Vale de Rãs vai ter parque de desporto e lazer
Foto DR

Abrantes tem cerca de seis milhões de euros de fundos comunitários para regeneração urbana e para a concretização de outros investimentos.

As obras de requalificação urbana que agora se iniciaram em Vale de Rãs vão condicionar o trânsito durante cinco semanas nessa zona da cidade de Abrantes. O município vai ali criar um parque desportivo para os mais novos e uma zona de exercício físico para os adultos, bem como um espaço para jogos tradicionais. O futuro Parque Intergeracional do Bairro de Vale de Rãs representa um investimento global que ronda os 320 mil euros.


A intervenção está prevista no plano estratégico de regeneração urbana da Câmara de Abrantes, contemplando a ligação entre a zona do bairro social de Vale de Rãs e a zona do edifício Millenium.


“Vamos trabalhar a linha de água existente, vamos colocar uma estrutura que proteja os taludes, o que implica também a criação de uma ponte, arborização de todo o espaço, criando um pulmão verde nesta zona da cidade”, adiantou a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, durante a apresentação do projecto.


A autarca referiu que este vai ser um espaço de lazer destinado a todas as idades. Segundo Maria do Céu Albuquerque, a requalificação do espaço público no bairro de Vale de Rãs vem acrescentar valor ao projecto Bairro Convida e à intervenção que já foi feita com a instalação das hortas comunitárias. A câmara pretende continuar a reabilitar todo aquele espaço da Arca D´água, transformando-o num pulmão verde daquele zona da cidade.


A Câmara de Abrantes tem cerca de seis milhões de euros de fundos comunitários para regeneração urbana e para a concretização de outros investimentos relacionados com a reabilitação de património edificado, como a recuperação do edifício Carneiro, do Convento de São Domingos e da Galeria Municipal Quartel.


Está ainda prevista a criação de estacionamento no Vale da Fontinha e a recuperação de alguns edifícios devolutos no centro histórico da cidade em particular o antigo edifício da polícia na Rua Grande e as casas devolutas ao lado do edifício da câmara, na Rua José Estevão.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo