Sociedade | 23-01-2018 15:13

Morte de Guarda-redes de 17 anos de Almeirim deveu-se a doença grave e rara

Morte de Guarda-redes de 17 anos de Almeirim deveu-se a doença grave e rara
Foto DR

Gonçalo Almeida tinha uma aplasia medular e ainda contraiu uma bactéria hospitalar.

O guarda-redes das camadas jovens do União de Almeirim, Gonçalo Almeida, também conhecido com tubarão, de 17 anos, morreu de uma aplasia medular, a que se seguiram várias complicações de saúde. Após ter sido diagnosticada a doença, em que a medula deixa de produzir os componentes sanguíneos (glóbulos e plaquetas), o que é diferente de leucemia, o jovem contraiu uma bactéria hospitalar, teve uma convulsão e teve de ser ventilado. Antes de falecer foi detectada uma hemorragia cerebral.

Gonçalo era filho único e até ao dia 7 de Dezembro, quando foi internado, tinha sido sempre saudável, segundo contam a O MIRANTE, os pais Margarida Pisco e Francisco Almeida, que têm uma loja em frente aos Bombeiros de Almeirim.

A aplasia medular é “uma doença grave, mas rara”, segundo a bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Marta Miranda, explica no texto no site FCiências.

Gonçalo morreu no dia 19 de Janeiro, às 18h18, e a notícia da sua morte consternou a comunidade de Almeirim. "Os médicos não encontram explicação", conta a mãe do jovem. "Estávamos muito contentes por não ser uma leucemia mas afinal ainda foi pior". Gonçalo era filho único e foi uma criança muito desejada. Margarida teve de esperar o efeito de tratamentos que fez a um rim para poder engravidar. Gonçalo nasceu prematuro de 34 semanas, mas após o parto não teve complicações de saúde.

A aplasia medular “pode ser causada por exposição a substâncias tóxicas e radiações, ou pelo consumo de certos fármacos (antibióticos como o cloranfenicol e medicamentos contra a artrite reumatóide). Doenças auto-imunes também podem estar na origem desta doença e também infecções virais, como as causadas pelos vírus da hepatite. A aplasia medular pode também ser idiopática (de causa desconhecida) ”, explica Marta Miranda, no FCiências.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo