Sociedade | 29-01-2018 18:55

Lixo vai custar mais de um milhão de euros à Câmara de Santarém

Lixo vai custar mais de um milhão de euros à Câmara de Santarém
Foto O MIRANTE

Valores previstos correspondem a uma estimativa de deposição em aterro de 1801 toneladas de resíduos por mês.

A Câmara Municipal de Santarém prevê gastar em 2018 mais de um milhão de euros em encargos com o tratamento de resíduos sólidos urbanos garantido pela Resitejo – Associação de Gestão e Tratamento de Lixos do Médio Tejo. Pela deposição de resíduos em aterro prevê-se o pagamento de 916 mil euros, a que se somam 80 mil euros relativos à taxa de gestão de resíduos.

Os valores previstos correspondem a uma estimativa de deposição em aterro de 1801 toneladas de resíduos por mês, sendo o custo por tonelada de 40 euros. A informação foi transmitida à vereação na última reunião de câmara, onde foi autorizada a despesa.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo