Sociedade | 19-02-2018 18:33

Burlão retira dinheiro de conta bancária de advogado de Abrantes

João Viana Rodrigues, contactado por O MIRANTE, diz que a situação não lhe trouxe grandes prejuízos uma vez que foi ressarcido.

Um burlão de Lisboa conseguiu ter acesso a dados bancários de um advogado de Abrantes e através de um telefonema conseguiu que a funcionária da Caixa Geral de Depósitos (CGD) fizesse uma transferência para uma conta de um cúmplice.

O mentor da burla, Paulo Delaunay, que está preso à ordem de outro processo e que já foi condenado por burla, fez-se passar por João Viana Rodrigues para se apropriar de dez mil euros de uma conta conjunta que o advogado tinha com um cliente seu que está emigrado. O banco reconheceu a situação e devolveu o dinheiro logo após a burla, ocorrida em Agosto de 2014.

O mentor do esquema, actualmente com 55 anos e sem profissão conhecida, convenceu um comparsa, José de Oliveira, que não compareceu na primeira sessão de julgamento, a dar o número da sua conta para receber a transferência, em troca de uma contrapartida monetária, que não foi apurada pelo Ministério Público. O advogado era titular da conta do emigrante, para o caso de ser necessário proceder a algum pagamento em nome deste em Portugal.

João Viana Rodrigues, contactado por O MIRANTE, diz que a situação não lhe trouxe grandes prejuízos, “além do aborrecido de ter de explicar o caso” ao outro titular da conta e seu cliente, uma vez que foi ressarcido.

O Ministério Público refere que o principal arguido “dedicava-se com regularidade, e de forma reiterada, à prática de actos de idêntica natureza, obtendo por essa via um rendimento regular”, para a sua subsistência.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo