Sociedade | 06-03-2018 16:11

Assessor do Benfica foi detido na Póvoa de Santarém onde tem casa

Paulo Gonçalves está indiciado de ter subornado funcionários judiciais para obter informações do caso dos e-mails.

O assessor jurídico da SAD do Benfica foi detido em Santarém, na habitação que tem na Póvoa de Santarém, nos arredores da cidade. Paulo Gonçalves foi detido pela Polícia Judiciária esta terça-feira de manhã, 6 de Março, e levado para o Estádio da Luz para acompanhar as buscas ao seu gabinete, no âmbito da operação e-toupeira.

O braço direito de Luís Filipe Vieira é suspeito de “corrupção activa e passiva, acesso ilegítimo, violação de segredo de justiça, falsidade informática e favorecimento pessoal", segundo informação da Polícia Judiciária

O assessor está indiciado de ter subornado funcionários judiciais para obter informações do caso dos e-mails, em que está em causa corrupção desportiva envolvendo árbitros, e que está em investigação pelo Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo