Sociedade | 17-03-2018 16:35

Professora de Yoga com 94 anos regressa a Santarém para aula aberta nas festas da cidade

Professora de Yoga com 94 anos regressa a Santarém para aula aberta nas festas da cidade
Foto DR

Maria Helena Freitas Branco foi uma das pioneiras no ensino de Yoga em Portugal.

Uma aula com Maria Helena Freitas Branco, uma das pioneiras no ensino de Yoga em Portugal, actualmente com 94 anos, é o destaque no domingo da programação da Associação Movimento Aberto (AMA) durante as festas da cidade de Santarém.

Sandra Bento, da AMA, disse que o regresso da professora que é uma referência no ensino do Yoga em Portugal vai acontecer no mesmo espaço onde, na década de 1970, Helena Branco introduziu esta prática na cidade de Santarém e onde é actualmente a sede da associação e da Federação Portuguesa de Yoga.

A aula, marcada para as 11h00, é aberta e acontece no âmbito de um programa, inserido nas festas da cidade de Santarém, com início no sábado de manhã com uma aula aberta de Yoga por Margarida Louro e, à tarde, uma palestra sobre alimentação saudável, funcionando ao longo do dia “mini-consultas” de terapias alternativas, no espaço da AMA (no antigo Jardim-de-Infância da Feira).

No domingo, há sessões sobre “desenho rápido”, com o artista plástico João Maria Ferreira, uma aula de pintura ao ar livre e exposição de pintura, realizando-se na segunda-feira sessões de massagens para bebés, reflexologia e podologia, finalizando o programa com uma palestra sobre “O Som Universal” e uma aula aberta de Aikido.

As festas da cidade de Santarém começaram na quinta-feira à noite com noite de fados e uma homenagem póstuma ao fadista António Pelarigo, e têm em destaque as actuações de Cuca Roseta, no domingo à noite, e de Calema, no sábado, além de vários eventos ligados às tradições taurinas.

A animação decorre no antigo Campo da Feira e na Casa do Campino, onde se realiza uma Feira de Artesanato, da responsabilidade das instituições particulares de solidariedade social do concelho, com as madrugadas a serem animadas por DJ como Vassalo, Handsup, Olga Ryazanova e Paulino Coelho.

Entre as actividades programadas incluem-se as tradicionais largadas de toiros, tendo a “festa brava” vários momentos como dois festivais taurinos no sábado e um espectáculo no domingo, promovidos pela Aplaudir na Monumental Celestino Graça e cujas receitas reverterão para as vítimas dos incêndios de Pedrógão Grande.

Em vários espaços da cidade decorrerão actuações de ranchos folclóricos, encontros desportivos de várias modalidades e a inauguração de várias exposições, como a que estará patente no Fórum Actor Mário Viegas, dedicada ao Cavalo e com desenho, pintura e escultura dos artistas plásticos Serrão de Faria, João Veiga, Martins Correia, Manuel Fernandes, Rui Fernandes, César Pires e Pedro Fonseca Lopes.

No recinto junto à Casa do Campino, onde foi instalado o palco, este ano com soluções de insonorização para evitar as queixas dos moradores da zona e uma tenda devido às condições meteorológicas, funcionam tasquinhas e espaços de animação.

Na segunda-feira, feriado municipal, à missa e procissão de S. José, juntam-se a tradicional homenagem aos funcionários aposentados do município e a atribuição de placas toponímicas a várias ruas da cidade.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo