Sociedade | 22-03-2018 19:55

Detidos com 340 quilos de cocaína em prisão preventiva

A operação incluiu sete buscas, três das quais domiciliárias, nos distritos de Santarém, Portalegre e Viseu.

Os quatro homens detidos na sequência da apreensão de 340 quilogramas de cocaína, após buscas realizadas em Santarém, Portalegre e Viseu, ficaram em prisão preventiva, anunciou esta quinta-feira, 22 de Março, a Guarda Nacional Republicana (GNR).

De acordo com o comunicado, os detidos foram presentes no Tribunal Judicial do Barreiro na quarta-feira e hoje, tendo-lhes sido decretada a medida de coação mais gravosa.

A GNR anunciou na terça-feira a apreensão de 340 quilogramas de cocaína, avaliada em mais de 20 milhões de euros, e a detenção de quatro homens, após buscas realizadas nos distritos de Santarém, Portalegre e Viseu.

Em comunicado, o Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal do Montijo, indicou que os suspeitos, com idades entre os 52 e os 62 anos, foram detidos no âmbito de uma investigação com 10 meses e que permitiu apreender agora cerca de 340 quilogramas de cocaína “com elevado grau de pureza”, equivalente a mais de 1,7 milhões de doses.

Fonte ligada à investigação explicou que a cocaína apreendida tem um valor de mercado superior a 20 milhões de euros.

Durante esta operação - que incluiu sete buscas, três das quais domiciliárias, nos distritos de Santarém, Portalegre e Viseu -, os militares da GNR apreenderam também duas viaturas de alta cilindrada, quase 739.000 bolívares em numerário (moeda oficial da Venezuela) e 21.600 euros.

A GNR apreendeu ainda seis computadores portáteis, cinco telemóveis, um ‘tablet’ e uma máquina automática para contagem de notas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo