Sociedade | 23-03-2018 08:55

Câmara de Coruche aprova voto de pesar por Manuel Badajoz

Como profissional, Manuel Badajoz toureou com todas as grandes figuras do toureio a cavalo e apeado.

O executivo da Câmara de Coruche aprovou por unanimidade na última reunião camarária um voto de pesar pelo falecimento do bandarilheiro coruchense Manuel Badajoz.

Falecido no dia 4 de Março aos 86 anos vítima de doença prolongada, Manuel Pereira Cipriano ou “Manuel Badajoz” era irmão do também reconhecido bandarilheiro António Badajoz. Começou a sua carreira na tauromaquia há 65 anos, recebendo a alternativa na Praça de Toiros Daniel do Nascimento, na Moita, em 1952.

Como profissional, Manuel Badajoz toureou com todas as grandes figuras do toureio a cavalo e apeado em várias praças do país e no estrangeiro, tendo feito parte da quadrilha maravilha com José Tinoca e Manuel Barreto, às ordens do matador Manuel dos Santos. Retirou-se da tauromaquia em 1992. Além do trabalho como bandarilheiro, dirigiu também, juntamente com o irmão, a Escola de Toureio de Coruche durante vários anos e acompanhou o Grupo de Forcados Amadores de Coruche onde o seu filho, Luís Badajoz, foi forcado.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo