Sociedade | 23-03-2018 16:19

“Uma homenagem mais que justa”

“Uma homenagem mais que justa”
Foto O MIRANTE

José Clemente Pereira viu o seu nome ser atribuído a uma rua de Santarém, onde foi presidente da Junta de Freguesia de São Nicolau durante 25 anos.

O antigo presidente da Junta de São Nicolau, em Santarém, José Clemente Pereira, foi homenageado na segunda-feira,19 de Março, feriado municipal, com a atribuição do seu nome a uma rua da cidade que liga as ruas Mariana Ginestal Machado e Mariana Viegas, no Jardim de Cima. A distinção partiu da Câmara Municipal de Santarém e pela União de Freguesias da Cidade de Santarém (onde a Junta de São Nicolau foi incorporada) e o antigo presidente considerou que este tipo de homenagem “deve ser feito enquanto a pessoa homenageada está lucida e não depois de esta partir”.
Também os seus filhos, familiares e amigos fizeram questão de acompanhar o ex-autarca neste momento marcante da sua vida. A atribuição do nome de José Clemente Pereira a uma das ruas da cidade já havia sido proposta pelo executivo da União de Freguesias da Cidade de Santarém, tendo esta medida, posteriormente, sido aprovada também pelo executivo da Câmara Municipal de Santarém.
“Uma homenagem mais que justa” considera José Clemente Pereira, que olhou para a distinção como um reconhecimento de tudo aquilo que fez pela cidade e pela população da cidade. “Fiz tudo aquilo que podia e me deixaram”, diz. Nascido em 1931, foi proprietário de um salão de jogos, a que deu o nome de “O Recreio”, e mais tarde da papelaria “Brasília”. Em 1961 fundou a Casa do Benfica de Santarém e depois, entre 1977 e 1994, foi dirigente da Associação Comercial e Empresarial de Santarém.
Orgulha-se de ser um dos primeiros empresários escalabitanos a produzir e a comercializar recordações feitas em loiça e com motivos do Ribatejo e da cidade de Santarém, nos anos 60, 70 e 80, ficando conhecido pela réplica que fez da Torre das Cabaças. Após a revolução de 25 de Abril de 1974, José Clemente Pereira foi um dos fundadores do Partido Socialista na cidade de Santarém. Durante 38 anos foi autarca na freguesia de São Nicolau, tendo em 25 deles ocupado o cargo de presidente da junta de freguesia, entre 1976 e 2001, e 13 anos como membro da assembleia de freguesia.

Quatro ruas com novos nomes
No dia 19 de Março foram ainda inauguradas mais três placas toponímicas, sendo que a rua localizada no início do cruzamento da Avenida Comendador José Manuel Cordeiro (na zona industrial) passou a ser denominada de Rua Dra. Rosalina Melro, em homenagem a esta professora que foi uma mulher dedicada à cultura, uma activista política e dirigente associativa.
A rua situada em São Pedro, onde a Nacional 114 e a Nacional 3 se cruzam, passa agora a ser conhecida pelo nome de Rua Octávio da Costa Filipe, reconhecendo o trabalho prestado por este homem durante 36 anos como autarca na freguesia de São Salvador. Nestas cerimónias os familiares e amigos de ambos fizeram questão de estar presentes.
A última cerimónia realizou-se junto à Rotunda do Rotary Clube de Santarém, tendo sido dado o nome de Estrada dos Deficientes das Forças Armadas a um troço da EN 114 que desce para a Ribeira de Santarém.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo