Sociedade | 16-05-2018 10:28

Santarém quer bater o recorde da maior concentração de barretes de campino

Santarém quer bater o recorde da maior concentração de barretes de campino
Foto O MIRANTE

A autarquia vai dar bilhetes gratuitos para que todos os munícipes do concelho possam entrar no dia 7 de Junho na feira Nacional de Agricultura.

A Câmara de Santarém quer entrar no 'Guiness Book', com o recorde da maior concentração de barretes de campino em 2019. Uma conquista que está prevista para o dia do município, na Feira Nacional da Agricultura (FNA).

Para já, este ano será uma espécie de experiência para o que acontecerá “à grande” em 2019. “Desafiamos, por isso, que todos os munícipes levem um barrete na cabeça no dia 7 de Junho, dia do município na FNA”, adianta a vereadora do município, Inês Barroso. Assim, explicou, “poderão entrar gratuitamente no certame”.

A autarquia vai bilhetes gratuitos para que todos os munícipes do concelho possam entrar no dia 7 de Junho no recinto onde decorre o certame, no Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA). A autarquia está preparada para oferecer 40 mil bilhetes mas, referiu o presidente da autarquia, Ricardo Gonçalves, “se forem necessários mais, ninguém ficará á porta”. É que, admite, “em algumas freguesias, sobretudo do norte do concelho, já não há aquela tradição que já houve de visitação à FNA. E nós queremos reverter isso”.

Os bilhetes poderão ser adquiridos até dia 6 de Junho. Basta dirigir-se ao Posto de Turismo, a uma das juntas de freguesia do concelho ou na bilheteira da FNA e comprovar a residência com o Cartão de Cidadão. Pode ainda receber o seu bilhete mostrando o registo na aplicação do “Município de Santarém”, que deve ser instalada no telemóvel ou tablet (Android ou Iphone), na bilheteira da FNA.

Ricardo Gonçalves afirmou que o investimento de 25.000 euros, que inclui o concerto agendado para essa noite (banda HMB) e uma largada de touros, visa “reaproximar a população da feira”, acabando com o “afastamento” sentido desde que o certame passou, em 1994, para a Quinta das Cegonhas.

Inês Barroso afirmou que o dia do município vai envolver associações, instituições, escolas, movimentos e artistas da cidade, convidados a aproveitarem os espaços livres do certame para interagirem com os visitantes. Nesse dia, será ainda apresentado o programa “Verão In.Str” que animará a cidade durante três meses a partir de 22 de Junho. Aos comerciantes foi lançado o desafio de decorarem as montras usando os barretes de campino, “imagem de marca da identidade ribatejana”, referiu.

Pela primeira vez, a autarquia vai dispor, nos nove dias do certame, de um 'stand' no átrio de entrada da feira, onde funcionará uma delegação do posto de turismo e o espaço empresas, que facultará uma sala para reuniões de negócios e uma zona para apresentações de empresas do concelho.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo