Sociedade | 05-06-2018 12:14

Polícia agredido à frente das filhas em VFX está a recuperar

Polícia agredido à frente das filhas em VFX está a recuperar
Foto PSP

Agente estava de folga e interveio quando viu outro homem a ser agredido.

O agente da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Vila Franca de Xira que foi violentamente agredido por quatro jovens na tarde de sábado, 2 de Junho, no jardim Constantino Palha, foi submetido a uma intervenção cirúrgica e já se encontra a recuperar dos ferimentos.

O polícia, de 34 anos, presta serviço na Equipa de Intervenção Rápida (EIR) da PSP na esquadra da Póvoa de Santa Iria e sofreu, entre outras escoriações, um corte profundo junto a um olho e fractura da face. Foi inicialmente assistido no Hospital de Vila Franca de Xira e posteriormente transferido para o São José em Lisboa. Encontra-se actualmente de baixa médica e a recuperar.

O agente estava de folga e passeava no jardim com a mulher e as duas filhas quando, por volta das 16h30, se deparou com um grupo de quatro indivíduos, com idades entre os 18 e os 22 anos, a espancar um outro homem, de nacionalidade brasileira. Quando o agente avançou para parar a rixa os agressores desviaram as suas atenções para o agente e agrediram-no com violência, esmurrando-o, pontapeando-o e até chegaram a arremessar-lhe com pedras e outros objectos que tinham à mão. Só quando este se identificou como sendo polícia é que o grupo parou a cena de pancadaria e se colocou em fuga.

A PSP destacou meios para perseguir os suspeitos e encontrou três deles poucos minutos depois no centro da cidade. Um quarto elemento foi encontrado na vizinha localidade da Castanheira do Ribatejo. Foram todos identificados por agressão a agente da autoridade e vão aguardar julgamento com termo de identidade e residência. Segundo fonte policial os agressores pertencerão a um pequeno grupo de recortadores de toiros mas a empresa que os representa já fez saber, em comunicado, que o grupo nada teve a ver com as agressões e, pelo contrário, terá mesmo ajudado o agente agredido.

Esta não é a primeira vez que o Jardim Constantino Palha é notícia por ser palco de agressões. Já em Março do ano passado dois homens foram detidos pela PSP por se terem envolvido numa rixa no local. Em Novembro último uma mulher foi assaltada com violência no mesmo jardim, junto à entrada da estação. E o bar ali existente, junto ao cais, tem sido palco frequente de assaltos, como O MIRANTE tem noticiado.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo