Sociedade | 07-06-2018 20:00

Estudantes fizeram-se ouvir na Assembleia Municipal do Cartaxo

Estudantes fizeram-se ouvir na Assembleia Municipal do Cartaxo
Foto Câmara do Cartaxo

Comércio tradicional, uso da água e policiamento nocturno foram são algumas das preocupações manifestadas pelos mais novos.

A Assembleia Municipal do Cartaxo reuniu em duas sessões em que os membros eleitos deram o lugar aos jovens que frequentam o ensino básico e o ensino secundário em estabelecimentos de ensino do concelho. Mais de sete dezenas de alunos dirigiram perguntas aos membros do executivo municipal, apresentaram e votaram propostas, debatendo os problemas que afectam as suas escolas, assim como o seu concelho.

Carlos Eugénio Galelo, Provedor do Munícipe, e Augusto Parreira, presidente da assembleia municipal, foram os responsáveis por dar as boas vindas aos jovens, enquanto Fernando Amorim, vice-presidente da Câmara do Cartaxo, e Pedro Magalhães Ribeiro, presidente do município, foram convocados para prestarem os esclarecimentos que os jovens deputados lhes exigiram. Na assistência, professores, familiares dos jovens e eleitos municipais garantiram elevada participação em ambas as sessões.

O comércio tradicional, o uso da água enquanto recurso escasso, o policiamento nocturno na cidade e nas freguesias e a necessidade de mais abrigos de autocarro foram assuntos aos quais Fernando Amorim respondeu, explicando aos jovens as razões das decisões e as competências do executivo e o trabalho feito na recuperação dos estabelecimentos de ensino.

No dia seguinte foi a vez dos alunos do ensino secundário ocuparem os seus lugares de deputados municipais. Os jovens participantes frequentam a Escola Secundária do Cartaxo e integram turmas do 10.º ao 12.º ano de escolaridade. Durante o período de sugestões e perguntas, o presidente da câmara respondeu a questões sobre os equipamentos municipais para a prática desportiva, o saneamento básico no concelho, as obras necessárias na escola secundária, a animação cultural prevista para o próximo Verão e ouviu sugestões como a criação de um cartão que permitisse aos jovens frequentar as piscinas a um custo mais baixo ou a organização de concertos para dar a conhecer as bandas que no concelho têm projectos musicais.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo