Sociedade | 15-06-2018 11:31

Prisão preventiva para suspeito de pedofilia em Abrantes

Os factos tiveram lugar durante o verão de 2016 na pessoa de uma menor, na altura com 11 anos de idade.

Um homem de 40 anos, residente em Pego, no concelho de Abrantes, ficou em prisão preventiva por estar indiciado pela autoria de um crime de abuso sexual de crianças agravado e de dois crimes de coação agravada.

Segundo informou a Procuradoria da Comarca de Santarém, o indivíduo foi presente na terça-feira a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva "face à moldura abstracta máxima de prisão aplicável (20 anos de prisão) a todos os crimes indiciados e perante a probabilidade séria de condenação em prisão efectiva em sede de julgamento".

Os factos relativos ao abuso sexual tiveram lugar durante o verão de 2016 (na pessoa de uma menor, na altura com 11 anos de idade) e os crimes de coação agravada no passado dia 07 de maio, sempre na localidade do Pego.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo