Sociedade | 30-06-2018 01:11

Presidente de Mação diz que Feira Mostra é do povo

Presidente de Mação diz que Feira Mostra é do povo

Destaque para a instalação artística de António Colaço, “VAMOS INCENDIAR.TE, MAÇÃO” numa alusão aos incêndios que assolaram o concelho inaugurada hoje.

O presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela disse, ao final da tarde desta sexta-feira, durante a inauguração de mais uma Feira Mostra, que "a feira é do povo de Mação e não da autarquia. São eles que fazem a economia deste concelho", afirmou o autarca.


A inauguração do certame contou ainda com o secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, de vários autarcas e entidades do Médio Tejo.


A vila vai ter animação garantida até 1 de Julho, com o regresso da Feira Mostra do Concelho, com espectáculos musicais para todos os gostos, exposições, gastronomia, feira do livro e actividades desportivas.


Para além dos nomes mais sonantes, o cartaz musical terá também forte presença da prata da casa, com a actuação de grupos e DJ do concelho. Certas estão as actuações do Grupo de Cantares da Serra da Associação Recreativa e Cultural da Serra, Musical Amendoense, Grupo de Cantares do Grupo Cultural “Os Maçaenses” e Conservatório de Mação – FirMação.
Destaque ainda para a instalação artística de António Colaço, junto à Igreja Matriz de Mação, intitulada “VAMOS INCENDIAR.TE, MAÇÃO” numa alusão aos incêndios que assolaram o concelho e que será inaugurada hoje sábado, 30 de Junho.


A vertente económica é indissociável do certame e este ano serão 83 stands de exposição disponíveis no recinto, todos eles do concelho e de algumas entidades regionais que o município de Mação integra. Um motivo de grande satisfação e orgulho para a autarquia, que vê assim cumprido o objectivo maior desta iniciativa: dar a conhecer o que de melhor se faz no concelho.


A gastronomia típica local é um dos pontos fortes da Feira Mostra, que este ano vai contar com seis restaurantes, explorados por associações do concelho, a servirem as suas receitas. Tal como em edições anteriores, a organização solicita a integração de receitas tradicionais do concelho. Não há lampreia mas os visitantes poderão encontrar maranho, chanfana, cabrito no forno, javali, migas, cabidela ou sopa de peixe.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo