Sociedade | 08-07-2018

José Falcão evocado no 50º Aniversário de Alternativa

José Falcão morreu a 11 de agosto de 1974, na Praça de Toiros de Barcelona, ao lidar um toiro.

No colóquio José Falcão – 50º Aniversário de Alternativa, integrado XXIX Semana da Cultura Tauromáquica, que se realizou no passado dia 2 de Julho, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, foi evocada a memória do matador de toiros vila-franquense José Falcão, falecido a 11 de agosto de 1974, na Praça de Toiros de Barcelona, ao lidar um toiro da Ganadaria Hoyo de la Gitana.

Para falar sobre José Falcão e dos cinquenta anos da sua alternativa o colóquio teve como oradores os Maestros José Júlio, Ricardo Chibanga e Rui Bento Vasques e como moderador Vitor Escudero que lembraram o matador em tom de uma conversa repleta de afecto, admiração e respeito. Entre outras personalidades ligadas à tauromaquia presentes na assistência, Osvaldo Falcão, irmão do matador, seguiu o que foi dito com evidente emoção.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo