Sociedade | 14-07-2018 11:47

Substituição do relvado do estádio de Coruche vai avançar

A operação demora cerca de quatro semanas a ser executada.

O Tribunal Administrativo de Leiria decidiu a favor da empresa que ficou em primeiro lugar no concurso público para substituição do relvado sintético do Estádio Municipal José Peseiro, em Coruche, pelo que o processo está agora em condições de avançar. A informação foi dada pelo presidente do município, Francisco Oliveira (PS), na última reunião camarária.

Para já, refere o autarca, está-se agora a aguardar que passem os 10 dias úteis em que a empresa concorrente pode ainda reclamar para depois se poder dar andamento aos trabalhos. “Esperamos que na próxima época a equipa do Coruchense já possa jogar no relvado novo”, acredita.

Em Fevereiro deste ano (ver edição de 8 de Fevereiro de 2018) O MIRANTE dava conta do mau estado do relvado sintético. Uma situação que levou inclusive a uma inspecção por parte da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) no dia 14 de Janeiro, no jogo em casa da equipa sénior do Coruchense com o Caldas para o Campeonato de Portugal.

Na altura, o presidente da autarquia explicou em reunião de executivo que a relva sintética foi perdendo a sua elasticidade e altura de tal forma que a borracha que está debaixo do relvado já se encontrava à vista. O autarca defendia ainda que era necessário acelerar-se o processo para conjugar a intervenção com o calendário desportivo de modo a que, quando houvesse um interregno das competições, se pudesse efectuar a substituição do relvado. A operação demora cerca de quatro semanas a ser executada.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo