Sociedade | 19-07-2018 18:01

Jovem com leucemia já tem transplante de medula marcado

Jovem com leucemia já tem transplante de medula marcado

O seu pai é o dador de medula óssea.

Cláudio Grácio, o jovem da Chaínça, concelho de Abrantes, a quem foi diagnosticado, em Março deste ano, um tipo de leucemia rara, vai realizar o transplante de medula óssea a 28 de Julho, no Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto. O seu pai, Sebastião Grácio, é o dador compatível de medula óssea.

Um caso raro, segundo a médica que o acompanha, já que, por norma, existe compatibilidade entre irmãos mas poucas vezes entre pai e filho. “É um autêntico milagre. Agora é continuar o caminho que, até agora, está a correr bem”, diz Cláudio a O MIRANTE, enquanto aguarda ansiosamente em casa por esse dia juntamente com a sua namorada, Tatiana Damas, e o seu filho de um mês.

Cláudio, de 26 anos, motorista de transportes colectivos, sempre foi um jovem saudável até lhe ser diagnosticada leucemia mieloide aguda em Dezembro de 2015. Foi internado no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, e foi submetido a várias sessões agressivas de quimioterapia. Os tratamentos duraram um mês.

A boa notícia da remissão da doença chegou em Março de 2016 mas durou pouco tempo já que passados dois anos o pior voltou. Cláudio foi internado novamente no Hospital dos Capuchos para fazer tratamentos de quimioterapia em Março deste ano. Foi nessa altura que a médica disse que era necessário realizar-se um transplante de medula óssea e descobriu-se que o pai era cem por cento compatível com o jovem.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo