Sociedade | 24-07-2018 20:00

Filarmónica da Carregueira tocou pela primeira vez no Campo Pequeno

Filarmónica da Carregueira tocou pela primeira vez no Campo Pequeno
FOTO O MIRANTE

Estreia da Banda na maior praça de toiros do país aconteceu na Corrida de O MIRANTE no dia 19 de Julho.

A banda da Sociedade Filarmónica de Instrução e Recreio Carregueirense Vitória, da Carregueira, no concelho da Chamusca, foi criada em Maio de 1930, para tocar numa tourada de Quinta-Feira da Ascensão, na Chamusca.

A curiosidade foi revelada pelo maestro Pedro Oliveira, a propósito da estreia da banda na Praça do Campo Pequeno, em Lisboa, dia 19 de Julho, na Corrida de O MIRANTE, mais de 88 anos depois da sua criação.

A estreia da Banda na maior praça do país foi devidamente assinalada quando o forcado Francisco Borges, do Grupo de Forcados Amadores da Chamusca, lhe dedicou a segunda pega do grupo. O gesto tem significado maior porque são muito habituais os brindes dos artistas tauromáquicos às bandas que tocam nas corridas.

A Banda é composta por meia centena de músicos jovens e se alguns tiveram a sorte de tocar no Campo Pequeno praticamente no início da sua actividade como músicos, como aconteceu com Xavier Rato, de 9 anos de idade, outros, como Armindo Luíza, tiveram muito que esperar. O trompetista, de 64 anos, que é o músico mais antigo no activo, só teve essa honra 51 anos após a sua estreia como músico.

Apesar da banda tocar regularmente em touradas, o facto de ir actuar no Campo Pequeno obrigou a uma maior preparação. "Os ensaios foram muitos e intensos, assegura Tiago Neves, 25 anos, presidente da associação que explica que tocar numa Tourada é muito diferente de tocar numa normal actuação, porque ali quem manda tocar é o director da corrida, quando acha que a lide do cavaleiro em praça merece, ou por exigência do público.

* Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo