Sociedade | 08-08-2018 18:02

Sete troços de estrada em Coruche necessitam de intervenção urgente

Município espera que a empresa pública Infraestruturas de Portugal tome medidas.

Sete troços de estradas no concelho de Coruche aguardam que sejam intervencionados urgentemente pela empresa pública Infraestruturas de Portugal (IP). A maioria localiza-se nas estradas nacionais (EN) 251 e 119 e apresentam problemas como pavimento degradado, excesso de tráfego e má sinalização que muitas vezes têm sido letais, sobretudo quando associados ao excesso de velocidade e às manobras perigosas.

Em causa estão as estradas que atravessam as localidades de Azervadinha e Malhada Alta, as entradas para o Couço, o troço junto à Herdade das Figueiras, na Branca (na EN 251) e do Biscaínho (na EN 119).

“Na Azervadinha o problema está no piso em calçada e no ruído causado pela trepidação da passagem dos veículos. No Couço existe má visibilidade nas duas entradas para a vila. Na Branca, junto à Herdade das Figueiras, o piso está deformado pelas raízes das árvores. E no Biscaínho é devido ao excesso de velocidade”, explicou a vice-presidente do município, Fátima Galhardo (PS), em reunião do executivo municipal.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo