Sociedade | 10-08-2018 10:59

Padre Cândido morreu vítima de doença súbita

Padre Cândido morreu vítima de doença súbita

O sacerdote, de 81 anos, serviu durante muitos anos a Diocese de Santarém.

Faleceu vítima de doença súbita no dia 9 de Agosto o padre António Cândido Monteiro, que durante muitos anos serviu a Dioceses de Santarém e desde o final do ano passado era capelão do Mosteiro das Irmãs Clarissas, em Santarém. O sacerdote contava 81 anos e morreu na sua terra natal, Pousade, Guarda, onde se encontrava a passar uns dias de férias em família. O funeral decorre esta sexta-feira nessa aldeia beirã.

O padre Cândido, como era mais conhecido, foi ordenado pelo cardeal Manuel Gonçalves Cerejeira em 1965 para o serviço da Diocese de Lisboa e iniciou o ministério sacerdotal como professor e prefeito no Seminário de Santarém. Ao longo do seu percurso esteve ao serviço das paróquias de Várzea, Abitureiras, Ereira, Lapa, Cartaxo, Salvador (Santarém), São João da Ribeira e Almoster.

Foi ainda professor de Moral na antiga Escola Técnica de Santarém e na Diocese de Santarém assumiu responsabilidades como membro do Conselho Presbiteral, director do Secretariado Diocesano de Acção Social, Pró-Vigário Geral e membro do Conselho Diocesano para os Assuntos Económicos.

“Apesar de não ter sido nomeado director do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil, foi sob a sua orientação que se deram passos significativos na implementação deste serviço na Diocese, bem como a realização de várias actividades no Ano Internacional da Juventude, recorda o padre Aníbal Vieira, vigário geral da Diocese de Santarém

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo