Sociedade | 12-08-2018 22:03

Bombeiros de Rio Maior agredidos ao socorrer vítima

De acordo com o segundo comandante, Luís Coelho, quando os elementos chegaram ao local, os ânimos já se encontravam exaltados.

Dois elementos dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior (BVRM), entre as quais a chefe da equipa, foram socorrer e acabaram por ser agredidos e ameaçados, pelas 18h05 de sábado, 11 de Agosto, durante a assistência a um acidente de viação, junto às bombas de combustível, junto ao quartel da corporação.


De acordo com o segundo comandante dos BVRM, Luís Coelho, quando os elementos chegaram ao local, os ânimos já se encontravam exaltados e o agressor, pai de uma das vítimas do acidente, já se encontrava aos murros ao condutor do outro veículo, de 40 anos. Como as autoridades demoraram ainda meia hora para chegar ao local, foram os elementos dos BVRM que tentarem acalmar a situação juntamente com populares. Foi aí, que “os elementos da corporação acabaram também eles por ser agredidos”, adiantou Luís Coelho.


Ao que O MIRANTE conseguiu apurar junto de testemunhas do acidente, o agressor, de 60 anos apareceu alguns minutos depois da ocorrência no seu BMW. A chefe de serviço da corporação disse para lhe agredirem antes a ela e o homem acabou por lhe ameaçar, esmurrar e pontapear após lhe empurrar contra uma ambulância dos bombeiros. Entretanto, um dos elementos dos BVRM ainda se meteu e também acabou ferido.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo