Sociedade | 29-08-2018 15:25

Presidente de Rio Maior retira pelouros a vereadora do CDS, parceiro de coligação

Presidente de Rio Maior retira pelouros a vereadora do CDS, parceiro de coligação
Presidente da câmara, Isaura Morais

Isaura Morais refere que a decisão deveu-se a deslealdade e que foi apoiada pelo outro vereador do CDS

A presidente da Câmara de Rio Maior, Isaura Morais, retirou esta quarta-feira os pelouros à vereadora Ana Figueiredo do CDS, parceira de coligação do PSD, partido pelo qual foi eleita a presidente. Isaura Morais refere que a decisão foi muito ponderada e teve a ver com deslealdade e desautorização, garantindo que se trata de uma questão individual e não política. Isaura Morais garante que a decisão foi apoiada por todos os vereadores, incluindo o segundo vereador do CDS.

Isaura Morais explica que a vereadora, que tinha os pelouros da Educação e menores, cultura, turismo, taxas e licenças e gestão cemiterial, resolveu mandar os funcionários do estaleiro municipal fazerem vasos para o jardim, sem falar com o vice-presidente, que tem a gestão do estaleiro. Luís Dias mandou uma mensagem à vereadora do CDS a dizer que o trabalho ficava suspenso até falarem sobre o assunto, mas, segundo diz a presidente, a vereadora enviou uma comunicação, via e-mail, a todos os funcionários da câmara, a fazer desabafos sobre o assunto.

Isaura Morais considera que se tratou de uma desconformidade nas relações. A presidente refere que estas desconformidades sempre foram resolvidas no seu gabinete, à porta fechada, considerando que Ana Figueiredo cometeu uma deslealdade.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo