Sociedade | 12-10-2018 12:02

Marionetas interpretam ópera barroca em Tomar

Marionetas interpretam ópera barroca em Tomar

O espectáculo, com recurso a marionetas em tamanho humano, junta em palco vários actores, cantores e músicos.

Tomar recebe a 19 de Outubro, sexta-feira, pelas 21h00, no Cine-Teatro Paraíso, a ópera barroca “Guerras do Alecrim e Mangerona”, um dos espectáculos mais aguardados da edição deste ano do Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas.

O espectáculo, com recurso a marionetas em tamanho humano, junta em palco vários actores, cantores e músicos, com encenação de Carlos Antunes. Trata-se de uma criação que une a companhia S.A. Marionetas e Os Músicos do Tejo, numa co-produção entre o festival Cistermúsica e a Artemrede.

A actriz Luísa Cruz e a soprano Joana Seara encabeçam o elenco da peça como as irmãs Dona Nize e Dona Cloris. Estes e outros personagens baseiam-se em arquétipos do século XVIII, como nobres com aspirações sociais, juízes ou criados, satirizados no texto de António José da Silva, o Judeu. A cada membro do elenco é confiada uma marioneta, concebida pela equipa da S. A. Marionetas.

“Guerras do Alecrim e Mangerona” estreou em 1737, em Lisboa, no Bairro Alto com música da autoria de António Teixeira. A nova versão do clássico conta com adaptação da música à dramaturgia de Marcos Magalhães e Carlos Antunes. Os bilhetes para o espectáculo custam 8 euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo