Sociedade | 04-11-2018 12:31

Escultura de homenagem a José Júlio está pronta mas à espera de inauguração

Escultura de homenagem a José Júlio está pronta mas à espera de inauguração
Matador José Júlio vai ter uma estátua de três metros em sua honra junto ao mercado municipal de Vila Franca de Xira

Autarcas de Vila Franca de Xira querem rapidez na homenagem ao matador

A escultura de bronze que homenageia a figura do matador de toiros vilafranquense José Júlio está pronta e à espera de ser inaugurada pelo poder político há vários meses. Por esse motivo, os eleitos da Assembleia de Freguesia de Vila Franca de Xira aprovaram, por unanimidade, na última sessão daquele órgão, uma moção exigindo rapidez na homenagem ao toureiro.
O documento, apresentado pela coligação Mais (liderada pelo PSD), exorta a câmara municipal a concretizar a instalação do monumento, de preferência, nas proximidades do mercado municipal da cidade. “Uma vez que a escultura se encontra concluída, é da mais elementar justiça que esta homenagem seja concretizada”, lê-se no documento, que apela a que a junta de freguesia diligencie junto da câmara a instalação da estátua “o mais breve possível”, atendendo ao facto do matador de toiros ainda ser vivo.
A ideia de criação de um monumento de homenagem ao matador de toiros José Júlio foi desenvolvida por um grupo de aficionados da cidade que depois propôs a ideia ao município, tendo sido também sugerida a atribuição do nome do matador a uma rua da cidade. A moção considera que há motivos “suficientes e mais do que justificados” para que este projecto se concretize.
“Pena é que esta ideia apenas tenha saído de um grupo de cidadãos e não por uma das instituições que nos representam e que são eleitas por todos nós para defender o nosso património cultural. De qualquer forma, o importante é que se concretize enquanto nós, vilafranquenses, ainda temos José Júlio fisicamente presente entre nós”, lê-se no documento. O projecto foi apresentado à câmara em Outubro de 2016 e consistia numa estátua de 3 metros, elaborada pelo artista espanhol Alberto Gérman.
José Júlio Venâncio Antunes tem 83 anos, nasceu a 31 de Janeiro de 1935. Foi o primeiro matador de toiros vilafranquense, tirando a sua alternativa em Saragoça a 11 de Outubro de 1959. A partir daí teve inúmeras actuações dentro e fora de Portugal tendo chegado a ser considerado um dos melhores matadores de toiros portugueses. “Estes motivos fazem de José Júlio um homem com uma elevada importância cultural e histórica, para além de ser e ter sido um excelente embaixador de Vila Franca de Xira”, conclui a moção.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo