Sociedade | 10-11-2018 15:00

Trabalhadores do CRIA de Abrantes temem pelo futuro da instituição

Instituição atravessa dificuldades financeiras e funcionários apelam à intervenção do Estado

Os trabalhadores do Centro de Recuperação e Integração de Abrantes (CRIA) consideram que a instituição se encontra numa situação limite em termos financeiros que pode levar ao seu encerramento caso não haja intervenção do Estado.

Após o plenário realizado na tarde de 7 de Novembro, onde foi debatido o futuro na instituição, os trabalhadores publicaram um manifesto intitulado “Unidos pelo CRIA” onde referem que o CRIA “apresenta dívidas de centenas de milhares de euros acumuladas a instituições bancárias, trabalhadores e a fornecedores”. E apontam também problemas estruturais “a nível da gestão das respostas sociais e dos recursos humanos que têm contribuído para a asfixia financeira que a instituição vive”.

Perante esse cenário, os trabalhadores decidiram escrever esse manifesto e remetê-lo a todos os grupos parlamentares com assento na Assembleia Municipal de Abrantes, assim como marcar presença na próxima sessão desse órgão autárquico, que deve realizar-se em Dezembro.

“Pela sustentabilidade do CRIA, apelamos profundamente para que vossas excelências, em bom nome do serviço público intervenham salvaguardando o superior interesse de todas estas pessoas (crianças, jovens e adultos com deficiência e/ou incapacidade), das suas famílias e dos seus trabalhadores”, apelam os trabalhadores no manifesto dirigido aos autarcas.

O presidente da direcção da instituição, Nelson de Carvalho, foi ao plenário de 7 de Novembro justificar a falta de financiamento que está a prejudicar a instituição atribuindo a culpa ao Governo por não desbloquear verbas que tem para transferir. Recorde-se que a direcção do Centro de Recuperação e Integração de Abrantes não conseguiu pagar a totalidade dos salários de Outubro aos funcionários, e tem ainda por saldar os subsídios de férias referentes a este ano.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo