Sociedade | 29-11-2018 18:00

João Coroado é candidato à presidência do Politécnico de Tomar

João Coroado é candidato à presidência do Politécnico de Tomar

Professor é actualmente vice-presidente do instituto e, até ao momento, é o único candidato conhecido.

O actual vice-presidente do Instituto Politécnico de Tomar (IPT), João Coroado, vai avançar com uma candidatura para assumir a presidência da instituição. “Assumo hoje, publicamente, a minha candidatura”, avançou a O MIRANTE, à margem da Abertura Solene do Ano Lectivo 2018/2019, no dia 20 de Novembro. Até ao momento, é a única candidatura conhecida.

João Coroado garantiu que “não vai haver um corte radical” com o que tem sido feito até agora pela actual direcção. Até porque faz parte dela. Contudo, a “vontade de alavancar” a instituição é já uma promessa. João Coroado defende a sustentabilidade do IPT e da região em que está inserido, mas não esconde que está de olho na expansão internacional do instituto.

Para o ainda presidente do IPT, Eugénio de Almeida, esta candidatura é vista como um sinal de “maturidade democrática”. No entanto, referiu que não irá apoiar nenhum candidato. “Vou estar à margem a acompanhar o processo, sem apoiar qualquer candidatura”.

João Coroado possui uma licenciatura em Geologia pela Universidade de Coimbra, mestrado em Geoquímica e doutoramento em Geociências pela Universidade de Aveiro. É, actualmente, professor coordenador e vice-presidente do IPT. Foi director da Escola Superior de Tecnologia de Tomar.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo